Blog
    
    
FONTE: RONDONOTICIAS

A comarca de Alvorada do Oeste realizou no dia 13 de Julho, sob coordenação da Juíza de Direit. Simone de Melo, a 4ª turma de preparação para pretendentes à adoção através da equipe do Núcleo Psicossocial, formada pela Assistente Social Angela Maria Bernardo da Silva e pelo Psicólogo Roger Andrade Bressiani.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8069/90) prevê a obrigatoriedade na participação em programa de preparação à adoção para aqueles que pretendem se habilitar e ser colocado no Cadastro Nacional de Adoção do Conselho Nacional de Justiça.

FONTE: REVISTA DONNA 

Mulheres em estádios de futebol não são novidade há muito tempo. Uma pesquisa do Ibope indica que cerca de 50% da torcida do Corinthians, um dos maiores times brasileiros, é feminina. Na terra da Dupla Gre-Nal, os números também ganham expressão. No Beira-Rio, cerca de 23% do quadro de associados é de mulheres, enquanto na Arena são 16% – oficialmente, vale dizer. Mas e quando saímos das arquibancadas e entramos no campo ou no vestiário?

Mesmo na arbitragem, um dos setores em que elas conquistaram mais espaço, os números ainda são pequenos: dos 28 árbitros brasileiros que integram o quadro da Fifa em 2018, apenas oito são do sexo feminino (quatro árbitras e quatro assistentes). E elas são mais raras ainda no posto de treinador. Para se ter uma ideia, somente neste ano, pela primeira vez na história do futebol brasileiro, uma mulher conquistou o registro de técnica profissional na CBF. Sinal de que ainda há muito a avançar dentro e fora das quatro linhas.
Sábado, 28 Julho 2018 21:38

Adoção tardia, um ato de amor


FONTE: DE 

Nem sempre esse é um processo fácil e há muito tabu e preconceito em torno disso

Adotar significa acolher voluntariamente uma pessoa como membro de uma família. Cuja esta acolhe, ampara e dá amor. Diariamente pessoas decidem ter filhos, uma atitude que precisa ser pensada e planejada. Por diversos motivos as pessoas recorrem a adoção. Nem sempre esse é um processo fácil e há muito tabu e preconceito em torno disso.

FONTE: ESTADÃO 

Continuamos com a série sobre adoção e, desta vez, contamos a história de Jeová, que depois de ser recusado por um casal heterossexual começou uma nova vida ao lado de dois pais: Andre Pralon e Gustavo Silva

Na semana passada, em razão do Dia Nacional da Adoção (25/5), o Família Plural trouxe o tema para discussão e contou a história de duas diferentes famílias. Hoje, no dia em que o blog comemora um ano de vida, damos sequência à série com um terceiro relato acerca do assunto.



FONTE: G1 

Leandro Prior falou com o G1 após vídeo não autorizado viralizar na internet. ‘95% das ameaças são de PMs’, diz policial militar que, abalado, se afastou da corporação para tratamento médico.

Há quase quatro anos, Leandro Prior conta que teve de responder a um questionário para entrar na Polícia Militar (PM) de São Paulo que perguntava sua opinião a respeito do “homossexualismo”. Disse ter respondido que “não achava nada” até porque também é “homossexual”.

Aprovado, trabalha desde então no 13º Batalhão da PM, na capital paulista. Ele atua na Força Tática por meio do Programa Vizinhança Solidária na Cracolândia, área da região central de São Paulo conhecida pelo tráfico e consumo de drogas ao ar livre.


FONTE: GZH

Demora na tramitação do processo de destituição do poder familiar é um dos principais entraves para que a ação seja concluída

O Rio Grande do Sul possui cinco mil interessados em adotar crianças e adolescentes, segundo dados do Cadastro Nacional de Adoção. Atualmente, 4.879 estão em abrigos, mas apenas 620 podem, efetivamente, ser adotados. Desses, 348 (56,13%) pertencem a grupos de irmãos. São 346 meninos e 274 meninas. Em relação às idades, os dados de crianças e adolescentes pretendidos e os aptos para adoção são antagônicos. A maioria prefere crianças de zero a cinco anos, que é a minoria na fila de adoção. Cerca de 80% de quem está liberado pela Justiça para ter um novo lar têm entre 12 e 17 anos.

Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”