Adoção
    

Adoção


FONTE: APNEN

Ingrid Mendonça, 38, e a bebê Helena. A fotógrafa a adotou após ver seu perfil em um grupo do Facebook

A fotógrafa Ingrid Mendonça, 38, já tinha dois filhos adolescentes quando decidiu adotar uma criança com microcefalia e paralisia cerebral severa. Helena tinha pouco tempo de vida, segundo a médica que a tratava. O primeiro encontro das duas aconteceu no hospital e, no instante em que a viu, Ingrid teve a certeza de que ela era sua filha. "Eu peguei na mãozinha dela e disse: 'A mamãe chegou, desculpa ter demorado tanto para te encontrar'". Conheça a história delas:

FONTE: SECULO DIARIO

O objetivo é ampliar as possibilidades de adoção para mais de 9,5 mil crianças cadastradas

O Cadastro Nacional de Adoção (CNA), criado há 11 anos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), está sendo atualizado. O novo sistema integrado, atualmente em fase de teste e tendo o Espírito Santo como estado piloto, deve ser ampliado em âmbito nacional com o objetivo de garantir a segurança jurídica e dar mais transparência ao processo de adoção de crianças e adolescentes, bem como ampliar as possibilidades de encontrar famílias para as mais de 9,5 mil menores de 18 anos cadastrados.



FONTE: G1

Do total, maioria é formada por crianças com irmãos.

Em Manaus, 38 crianças e adolescentes aguardam por uma chance de adoção nos nove abrigos espalhados pela capital. Segundo o Juizado da Juventude da Infância e Juventude Cível, encontrar famílias que não tenham preferências somente por crianças saudáveis e que ainda estejam na primeira infância é uma luta diária travada pelas autoridades de defesa e apoio aos menores abandonados.


FONTE: UOL

No Brasil, existem mais de 9.300 crianças e adolescentes à espera de serem adotados, de acordo com o Cadastro Nacional de Adoção, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Do outro lado, existem pais e mães que buscam um filho para fechar uma espécie de elo e formar uma família. No meio destes, estão os casais homossexuais. Pela legislação brasileira, não há qualquer diferença no processo de adoção por casais gays. Até por isso, não há estatística que mostre quantos casais formados apenas por homens ou apenas por mulheres adotaram crianças no Brasil.
Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”