Adoção
    

Adoção





Lei distrital publicada em 3/4/2017 determina afixação de placas com dizeres para procurar a VIJ-DF em caso de entrega de filho para adoção

A partir desta segunda-feira, dia 3/4, todas as unidades públicas e privadas de saúde do Distrito Federal deverão afixar placas informativas em locais de fácil visualização contendo os seguintes dizeres: “A entrega de filho para adoção, mesmo durante a gravidez, não é crime. Caso você queira fazê-la, ou conheça alguém nesta situação, procure a Vara da Infância e da Juventude. Além de legal, o procedimento é sigiloso”. As placas deverão conter ainda endereço e telefone atualizados da Vara da Infância e da Juventude do DF – VIJ-DF.


Quando se fala em adoção, a maior parte dos pretendentes passam por 03 fases que são divididas em:

* Pré-Adotivo
* Longa Espera
* Telefone tocou e agora?

De maneira simples e objetiva o Dr. Pedro Donizetti explica cada uma delas

Milhares de crianças e adolescentes que vivem em abrigos no Brasil têm família. O primeiro esforço da rede de proteção à infância é fazer com que eles voltem ao lar de origem como manda a lei.

Por isso, falar sobre adoção no Brasil é falar de espera.

Segunda, 20 Novembro 2017 15:58

A adoção tardia e o amor sem limite de idade

Quase 55% dos 37.283 dos pretendentes só aceitam crianças de zero a três anos, enquanto os centros de acolhimentos estão cheios de crianças mais velhas

A idade avançada das crianças e dos jovens é um dos fatores que mais limita a adoção atualmente (Foto: Pixabay)

Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”