Artigos
    

Artigos

Segunda, 20 Novembro 2017 16:16

Adoção e reencontro

Bom, prazer a todos que estarão lendo a minha matéria e saberão um pouco da minha vida!
Meu nome é Camila Rovani Cavedem, filha de Tadeu Artur Cavedem e Marilene Aparecida Rovani Cavedem!

Nascida no dia 03 de dezembro 1990, na pequena cidade de Porto União – SC
E, filha adotiva!

Fui adotada com 7 dias de vida... Meus pais adotivos, são da cidade de Itu- SP.
Estavam na fila da adoção há muitos anos, querendo uma menininha e até que chegou a hora!
Desceram pro Sul, e se apaixonaram... amor a primeira vista! Fui com eles...
E a vida seguiu...

Segunda, 20 Novembro 2017 16:16

Vou fazer 18 anos. E aí?

À medida que a criança e o adolescente em um abrigo vão ficando mais velhos,menor a chance de serem adotados. Dos aproximadamente 28.000 interessados em adotar no Brasil, apenas 3% do total querem crianças e adolescentes de 8 a 17 anos de idade.

É o que mostra levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre o Cadastro Nacional de Adoção (CNA).

A maioria dos pretendentes quer crianças com até 2 anos de idade. Das crianças e adolescentes disponíveis para adoção a grande maioria - 64% - estão na faixa de 12 à 17 anos de idade.

Segunda, 20 Novembro 2017 16:16

Basta muito amor

Muitas vezes eu, como adolescente, acho que sou o único no mundo com vontades e desejos e acabo sendo egoísta com as pessoas a minha volta.

Eu vejo isso se repetir não só comigo mas também com pessoas ao meu redor.

Uma vez eu ouvi de uma pessoa muito importante na minha vida, que você só dá o que você tem no coração! Tanto que essa pessoa tinha e tem tanto amor para dar que me quis como seu filho.

O amor dela é tão puro, tão espontâneo, é tão maravilhoso que ela não pensou duas vezes em me querer como filho, independentemente do meu passado, da minha cor e da minha idade! Ela só quis me dar amor e uma família para amar e ser amado!!!

Infelizmente são poucas as pessoas que fazem o que ela fez, adotar uma criança de onze anos de idade.

É triste pensar que muitas vezes as pessoas acham que, só porque a criança tem mais de 03 anos de vida não é capaz de esquecer o passado, olhar para o futuro e ver que tem alguém precisando amar.

Segunda, 20 Novembro 2017 16:15

Adoção tardia x adoção de bebês

Quando se decide ultrapassar a fase do sonho de adotar e partir para a adoção em si, as pessoas passam a buscar o máximo de informações possíveis sobre o tema e esta decisão. Nem sempre o que se encontra proporciona elementos que fortifiquem esta decisão. Muito pelo contrário!!! Muita das vezes as informações são baseadas em experiências não tão felizes – seja na questão da imensa burocracia que ainda cria obstáculos aonde não seriam necessários, pelo despreparo de muitas pessoas envolvidas nos diversos Setores Técnicos das Varas de Infância e Juventude espalhados pelo país para os quais o assunto adoção tem a mesma atenção de apenas mais um trabalho burocrático ou por assistentes sociais e psicólogas de instituições de acolhimento sem a devida capacitação para a área em que atuam - e que se sobrepõem às outras plenamente exitosas!!!

Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”