Diversidade
    
Segunda, 20 Novembro 2017 15:36

Cura gay: não existe cura para o que não é doença



Decisão do DF sobre homossexualidade chocou e revoltou diversas pessoas na última semana.

 

Por: Kevin Andrade Santos

 

Como já é de conhecimento geral, o juíz Waldemar Cláudio de Carvalho aprovou, nesta segunda-feira (18), uma liminar que permite que psicólogos façam terapias de reversão sexual; ou seja, algo que supostamente ajuda a redirecionar a orientação sexual de um indivíduo. Em outras palavras, a famigerada cura gay.

Diversas pessoas, inclusive artistas famosos, se revoltaram com a decisão e protestaram, afirmando que "homossexualidade não é doença".

 

Ninguém falou mais do que a verdade. Atualmente, o Brasil está cheio de problemas, principalmente relacionados à corrupção, roubalheiras, prisões por fraudes etc. No entanto, parece que os juízes estão mais preocupados em rotular pessoas homossexuais, tratando-os como doentes.

A frase da cantora Anitta esclarece bem: "O Brasil se devastando e as autoridades preocupadas com quem queremos nos relacionar. Isso precisa acabar. Deus, cure a doença da cabeça do ser humano que não enxerga os verdadeiros problemas de uma nação". O que mais surpreende é que o pedido que gerou a decisão do juiz partiu de uma psicóloga, que, através dessa atitude, demonstra claramente não conhecer o significado das palavras empatia, tolerância e respeito.

Além disso, a decisão em questão ofende uma classe que luta diariamente contra o preconceito: a LGBT. Não se trata de quem apoia a militância do grupo ou não. A questão é que não se pode negar o quanto esse grupo sofre, seja para conseguir uma vaga de emprego, para vencer o preconceito e para se autoconhecer, pois desde crianças são 'ensinados' a serem 'tradicionais'. Essa classe merece um profundo respeito, pois há anos luta para ser reconhecida; não é para ter privilégios, e sim pela igualdade.

Porém, em um país com tantos preconceitos, esse infelizmente é mais um a acrescentar na lista.

 

FONTE: 1NEWS

Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”