Blog
    

FONTE: HYPENESS 

O aniversário de 51 anos do padre peruano Omar Sánchez Portillo sempre será lembrado por ele por um motivo especial: seu encontro com o pequeno Ismael, um bebê de dois meses com síndrome de down que foi abandonado pela mãe, mas tem sido cuidado pelo padre e seus assistentes.

A história foi publicada pelo site Aciprensa, que entrou em contato com o padre. Omar relatou que a mãe de Ismael tem 17 anos, e abandonou o filho no hospital. Foi aí que o Associação das Bem-Aventuranças, fundada pelo padre, foi acionada para acolher o menino, e ele tratou de ir pessoalmente até Cusco para resgata-lo.

FONTE: G1

O Estatuto da Criança e do Adolescente prevê que crianças indígenas devem ser adotadas por índios. Em 15 anos, apenas 2 crianças foram adotadas por não-indígenas.

O município de Dourados, região sul de MS, tem a maior reserva indígena urbana do país. Nela vivem cerca de 15 mil índios, a maioria da etnia Guarani-Kaiowá. Segundo o juiz da vara da infância e adolescência de Dourados, Zaloar Murat Martins de Souza, a comunidade indígena enfrenta um problema cultural que reflete diretamente no número de crianças recolhidas a abrigos da cidade:

FONTE: G1 

Iniciativa pretende humanizar a busca com vídeos, cartas e desenhos. Mais de 5 mil famílias estão habilitadas para a adoção no Rio Grande do Sul, enquanto cerca de 600 crianças com mais de 3 anos esperam ser adotadas.

A Justiça do Rio Grande do Sul lança nesta sexta-feira (10) um aplicativo de celular para dar visibilidade a crianças e adolescentes que esperam por adoção, já que o interesse da maioria dos adotantes é por bebês. Mais de 5 mil famílias estão habilitadas para adotar no estado, enquanto cerca de 600 crianças com mais de 3 anos esperam ser adotadas.




FONTE: G1

Menino que escreveu redação dizendo que era a 'criança mais feliz do mundo' por ter encontrado uma família, ganhou mais três irmãos.

Na casa de Fernando Luiz Polidoro e Marcelo Pereira, que moram na Região Metropolitana de São Paulo, o conceito de família que eles pregam para os filhos é bem simples: família é onde tem amor e carinho. Juntos há nove anos, o casal vai comemorar o Dia dos Pais em dose quádrupla. Eles já tinham adotado um menino e agora a família conta com mais três crianças.



Há aproximadamente 10 anos faço parte do Universo adotivo como dizem alguns. Minha vida foi devidamente esmiuçada em seus mais diversos aspectos – e beirando as raias do constrangimento inexplicável – para ser considerado apto à adoção de uma criança ou adolescente.Isto acontece com todos que se dispõem a formar uma família com a presença de um filho pela adoção legal.

FONTE: DIREITO NET

A adoção por homossexuais ainda é motivo de polêmica, porém a legislação pátria não faz menção a orientação sexual do adotando. Assim, não existe qualquer razão legal para que uma pessoa não seja considerada apta a adotar em razão de sua opção sexual.

Segundo a Constituição Federal de 1988, em seu art. 226, caput, a família é a “base da sociedade”, possuindo ampla proteção do Estado.
Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”