Notícias no mundo
    

Notícias no mundo

 
FONTE: OBSERVÁTORIO G - Por: Rangel Querino
 
Um estudo realizado pelo Instituto Spartacus chamado de Gay Travel Index revelou quais os lugares do mundo, reconhecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), são os melhores para viver e visitar sendo um LGBT, nos dias atuais.
 
Ao todo 197 países foram analisados em categorias que foram divididas como positivas e negativas.
Canadá e Suécia empataram no primeiro lugar da lista com 10 pontos cada no total. Seguidos de Alemanha, Nova Zelândia e Espanha que marcaram nove pontos na pesquisa, que também apontou os avanços de Israel, Colômbia, Cuba e Botswana, que subiram nas posições e aparecem bem colocados entre os 20 primeiros.
FONTE: Nação LGBTQ - Por Bil Browning – Traduzido por Sergio Viula para o Blog Fora do Armário – Imagem - Shutterstock

Um tribunal sul-africano negou a um casal gay o direito de adotar uma criança e o juiz fez isso por uma razão muito boa. A adoção não estaria de acordo com o melhor interesse da criança.

Os dois homens têm estado comprometidos por dez anos e queriam ter um filho através de uma "barriga solidária". Acordos de "barriga de aluguel" têm que ser aprovados por uma corte no país africano antes que os direitos de adoção sejam garantidos.

FONTE: IG  (  

Caixa especial com sistema de aquecimento fica em organização de caridade da Bélgica, onde não é possível dar à luz de forma anônima em um hospital

Na Bélgica , as mulheres grávidas que não querem ou não podem criar um bebê têm a opção de deixar a criança para adoção de forma anônima após o parto em uma organização de caridade chamada Moeders Voor Moeders, ou "Mães para mães", em tradução livre. O meio para isso é uma caixa especial, onde a menina ou menino ficam aquecidos, seguros e à espera das funcionárias do local.

Domingo, 25 Fevereiro 2018 01:10

Etiópia proíbe a adoção internacional




FONTE: AGÊNCIA EFE - Por: Kim Ludbrook – Imagem Pixabay
O Parlamento da Etiópia aprovou uma lei que proíbe a adoção internacional e o Governo terá que decidir que vai acontecer com as adoções que já estão em andamento, confirmou nesta quinta-feira à Agência Efe uma fonte oficial.
"Agora que aprovamos a lei que proíbe os estrangeiros de adotar crianças etíopes, resta formular o regulamento e as determinações sobre o que vai acontecer com os casos em processo", explicou à Efe o diretor de Relações Públicas do Ministério da Mulher e da Infância, Alemayehu Mammo, que revelou que atualmente não há determinações claras.
Página 2 de 4

Random 1

Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”