ABRAFH
    
Segunda, 20 Novembro 2017 14:59

Conheça a ABRAFH: Porque toda família merece proteção

A ABRAFH, Associação Brasileira de Famílias Homoafetivas, nasceu em 2013, depois de uma audiência pública na Comissão dos Direitos Humanos do Senado.

Com o objetivo de resguardar os direitos e proteger as famílias de casais e pessoas LGBTQs, a ideia surgiu através de um grupo do Facebook de pessoas que tinham o interesse de compartilhar experiências sobre suas famílias homoafetivas. Hoje, dois anos depois, a associação já conta com mais de 400 membros e busca ganhar mais voz e maior representatividade.

A ABRAFH tem o propósito de congregar todos os membros LGBTQs, em toda e qualquer composição familiar, simpatizantes das causas homoafetivas. Além de ajudar com informações de utilidade pública, como adoção, registro com os sobrenomes dos pais ou mães, a organização busca fazer um mapeamento de todas as famílias homoafetivas brasileiras que, segundo dados do IBGE, já são mais de 600 mil.

Em um primeiro momento, a Associação definiu três pilares de atuação: divulgação da ABRAFH para sensibilizar o público e buscar novas adesões, orientação e apoio psicológico para escolas e famílias e, por fim, incentivas propostas artísticas que ajudem a promover a visibilidade da família homoafetiva em âmbito civil.

“Muito ainda precisa ser feito. O preconceito a combater é grande. Juridicamente há muitos desafios pela frente, sendo possivelmente o primeiro, o registro das crianças nascidas da união homoparental.

A associação conta com um forte aconselhamento jurídico. Sabemos da importância deste movimento em prol de milhares de famílias”, aponta o site da organização.

FONTE: http://revistaladoa.com.br/2016/01/noticias/conheca-abrafh-porque-toda-familia-merece-protecao



Mais nesta categoria : « Sobre a ABRAFH
Viver amor na família

O amor que nos une, nos torna uma família.

FAMÍLIA
Lei nº 12.010 de 2009 - Artigo 25 : "Entende-se por família extensa ou ampliada aquela que se estende para além da unidade pais e filhos ou da unidade do casal, formada por parentes próximos com os quais a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade." (Incluído pela Lei nº 12.010, de 2009)

“Na estação da vida fomos atraídos pelo vagão do destino que nos levou para uma maravilhosa viagem de encontro ao amor.”